man-making-puzzle-wall-empty-wall-with-space-text_104033-52

NA CRISE CRIE. NÃO SE DESESPERE, NÃO PARE!



No dia 28/03/2020 o Ministro da saúde Luiz Manetto
em pronunciamento disse: Desligue a televisão, ás vezes ela é
tóxica demais. A quantidade de informação pelos meios de
comunicação é sórdida, pois a mídia só vende matéria se ela for
ruim, caso contrário, ninguém compraria o jornal ou assistiria o
canal de televisão. Jamais você verá os telejornais dizendo
notícias boas. Eles jamais divulgarão que uma pessoa
sobreviveu ou que está feliz ou bem, por exemplo, porque notícia
boa não vende.
O Efeito Manada deveras é um inferno que causa
grande desordem, confusão e anarquia!
Para quem não sabe, O Efeito Manada é a tendência
humana de repetir ações feitas por outras pessoas, ainda mais se
estas forem influentes, esperando assim ter o melhor resultado
possível em um mar de escolha, ou esperando sobreviver a um
caos geral. Em outras palavras trata-se da conduta de ser como
“Maria vai com as outras”.
O efeito manada persuade completamente nosso senso
de escolha, crítica e raciocínio. Dá-nos a ideia de que não há

outro jeito de sobreviver ou obter sucesso, a não ser fazer o que
todos estão fazendo e seguir a multidão.
Logo, se olharmos ao redor, só encontraremos pessoas
desesperadas, em pânico e com muito medo do futuro, pois o
efeito manada, como o próprio nome diz, tem um efeito
devastador, paralisante e repetitivo, nunca original.
Por isso, caro leitor, hoje eu gostaria de ir contra o
fluxo, e inspirar-lhe a ter fé, esperança de dias melhores e calma,
muita calma nessa hora. O COVID-19 vai passar!
Isso mesmo, ele passará e sairemos deste cenário
caótico, de pandemia e crise mais fortalecidos, preparados e
imbátiveis. Sairemos carregando novos conceitos e mais
competência para fazer as mesmas coisas que antes, mas de
maneiras diferentes, mais ágeis e criativas. Além disso,
deixaremos para trás crenças limitantes e muitas ideias
preconcebidas.
Quantos anos, nós, os Coachs, Palestrantes e Mentores
temos mostrado/impulsionado ideias elevadas sobre a Liderança
Moderna e Servidora que valoriza e foca mais no capital humano
e em seu bem-estar com a finalidade de promover maior
produtividade, desenvolvimento humano e engajamento?

Há quanto tempo temos aplicado ensinos, estudos e
metodologias que desenvolvem a inteligencia emocional, a
resiliência e principalmente o autoconhecimento?
Por anos, o IDT (Instituto Despertando Talento) traz
instruções e formações a pessoas e profissionais que desejam
aperfeiçoar a Alta Performance para a vida e carreira.
O processo coaching do IDT trouxe/traz uma
metodologia de Desenvolvimento Humano que ajuda pessoas e
organizações a alcançarem mudanças de comportamento
positivas, duradouras e imensuráveis, e conquistarem resultados
extraordinários, principalmente em ocasiões como esta de
COVID-19 (crise).
Por meio de técnicas e ferramentas de diversas áreas,
como: Psicologia Positiva, Recursos Humanos, Sociologia,
Administração, Neurociência, Inteligência Emocional, entre
muitas outras fomos/somos capazes de definir objetivos e metas
necessárias. Entre outras metodologias incríveis voltadas para:

 Formação Essência Coaching;
 Alta Performance Para Empresas e Profissional;
 Coaching em grupo;
 Liderança Transformadora Essência Coach;
 Assesment e Liderança;
 Mulheres super poderosas;

 Super Homens;
 Coaching Kids;
 Liderança e Gestão de Pessoas;
 Executiv Coaching;
 Buniness Coaching;
 Líder Coaching.

Diversas áreas que promovem a evolução e progresso
humano, ferramentas disponíveis para contribuir com
momentos problemáticos como o atual. Justamente para
ensinar/colaborar com pessoas, profissionais e empresa a
lidar/enfrentar com otimismo e persistência tempos de crise,
conflitos e/ou dificuldades de maneira assertiva.

Temos muitas opções, ferramentas e estratégias para
você superar esta época! Você não está sozinho e muito menos
desamparado. Está na hora de aplicar toda resiliência, dedicação
e força de vontade que tanto temos aprendido no decorrer dos
últimos anos.

Não é hora de sentar e chorar!

A minha sugestão para este tempo é: não entre em
pânico. Pelo contrário, use/aproveite esta oportunidade de crise
para criar novas saídas, planos e opções criativas para repensar

suas abordagens, rever seus conceitos, aceitar novas condições,
se adaptar ao novo, quebrar paradigmas/fortaleza mentais e
crenças limitantes, ideias preconcebidas e até mesmo a
acomodação.

Parece insano, mas tem muita gente adorando esta
situação, curtindo como se fosse férias e aproveitando para se
acomodar. Esta fase não é para isso. Analisando de maneira
empreendedora e até mesmo com certa dosagem espiritual
(desenvolver a espiritualidade, faz parte do processo de
coaching), posso notar que estamos em um ciclo de reflexão,
autoquestionamento e Turnaround (conversão, mudança de rota,
arrependimento, revisão – Virada de Jogo).

Em sinais claros de crise, demitir, enxugar o quadro de
funcionários, desfazer contratos ou economizar além do normal
nem sempre são a saída. Precisamos nos conectar com nosso
Poder Superior (Deus) e entender qual direção Ele quer e tem
para nós. E, eu não podia deixar de mencionar a maior chave do
sucesso: praticar a espiritualidade. Afinal de contas, existem
sacadas que somente Deus pode nos revelar em momentos de
silêncio, oração e busca.

Contudo, de uma coisa eu tenho certeza, não devemos
parar! Precisamos rever, replanejar, refletir, mudar condutas,

hábitos e estratégias, entretanto jamais estacionar. Muito menos
nos acomodar.

Estamos chegando ao final deste conteúdo. Por aqui,
não vamos parar, portanto te encorajo a prosseguir também!
Enquanto houver esperança caminhe, e não importa a velocidade
ou o quanto produziu no passado, o que importa é ser constante,
perseverar e não desistir.

Aproveite também para eliminar o hábito de comparar a
produtividade do passado com a atual, pois estamos nos
adaptando ao novo, logo os resultados podem ser menores,
contudo importa ter resultados.

E lembre-se: Se a coisa está feia lá fora, então vamos
tratar de fazer a nossa parte dentro das nossas empresas. Vamos
fazer o que podemos ou conseguimos fazer. – Geroge Brow.

Até semana que vem.



Tags: No tags
0

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked*